JOYN GROUP

Escrito por: Laura Simas

Níveis de confiança a aumentar

Agosto veio com a sua calma típica das tão desejadas férias. Foi um mês de análise de estratégias, de apostas em novos reach através de diferentes canais, novos mercados, novos use-cases e novas parcerias. Foi também um mês interessante no que toca a clientes existentes. 

Tipicamente, estes meses onde grande parte das empresas se encontram de férias e com as decisões de projectos em modo stand-by, permitiu-nos parar e avaliar de forma clara e detalhada os projectos, as falhas, as estratégias e os sucessos dos últimos meses. Conseguimos assim definir estratégias que são cruciais para nos posicionarmos de forma mais estratégia e crescermos em áreas onde nos temos tornado mais experientes e com maior conhecimento. 

De forma a conseguirmos crescer, é importante pararmos e olhar para dentro – tanto a nível de projectos como de operação – para darmos os passos certos na direcção certa!

A COFIDIS, no entanto, com quem temos estado a trabalhar há alguns meses, e satisfeito com o nosso serviço, decidiu aumentar o consumo mensal de cerca de 30000 documentos para 70000 documentos, abrindo ainda novas oportunidades para outros use-cases de extracção de dados de extratos bancários bem como uma análise mais profunda de como a operação opera, para elevarmos ainda mais a otimização das equipas e processos. Este crescimento dentro de um cliente existente, permite-nos utilizar o nível de confiança já existente, para nos desafiarmos em novos projectos para um contínuo crescimento do nosso portfolio, ajudando um cliente/parceiro também a crescer em diferentes níveis. 

Em pipeline, temos diferentes clientes, de diferentes indústrias e com diferentes use-cases, interessados em avançar com a DocDigitizer, permitindo uma elevada otimização de processos e um crescimento significativo. Entre muitas, temos: 

  • Teleperformance (em todo o departamento contabilístico e de recursos humanos), 
  • OGMA (otimização de certificados de aeronáutica), 
  • José de Mello (accounts payable), 
  • Banco BIG (accounts payable),
  • Luís Simões (accounts payable)
  • Santos e Vale (accounts payable)
  • DECO Proteste (campanha de faturas electricidade / gás)