JOYN GROUP

Escrito por: Aníbal Cunha

E esta Júlio Verne?

Passaram apenas 30 dias, mas 30 dias nas operações da DocDigitizer são duas voltas ao mundo… Conseguimos atingir objectivos que em muitas empresas levariam semestres para o fazer. E isto porque cada um de nós independente do seu papel tem aqui na empresa a sua responsabilidade acrescida.

Atingimos um novo máximo diário de campos revistos, num só dia revimos ao todo 54.657 campos, e continuamos a optimizar a operativa para que este valor cresça sem o aumento da taxa de esforço da equipa e com a mesma, altamente dimensionada. Reestruturamos também o nosso modelo de reporte semanal de modo, a todos terem uma maior visibilidade do que está a acontecer nas várias componentes da operação. Essencialmente torná-mo-lo mais consistente, sistemático e claro tendo a informação sempre à segunda feira, o próximo passo será obter esta informação de forma mais sistémica e contida no tempo. Iremos chegar ao real time é só uma questão de tempo. Também no capítulo da formação avançámos ao definirmos o modelo de evolução por módulos, tendo tido a evolução de 3 colaboradores, este era um modelo que já tinha vindo a ser trabalhado há algum tempo uma vez que o desafio se prendia com a dificuldade em formar pessoas de forma rápida, eficaz e sem consumir muitos recursos para qualquer tipo de cliente, não impactando a operação. Hoje temos esse modelo disponível a aplicar a qualquer pessoa e/ou cliente novo que entre em menos de 3/4 dias. Pode não parecer mas, esta é uma conquista importantíssima para a empresa, uma vez que representa uma enorme poupança de recursos e uma altíssima optimização da operação. Outro ponto fulcral na nossa operação tem sido a continuação, dia após dia, do nosso trabalho na vertente da qualidade da entrega dos dados aos nossos clientes. Houve melhorias em dois aspectos, em primeiro lugar esta medição já está a ser feita ao dia o que nos permitiu chegar ao segundo ponto e conseguimos assim reduzir a taxa global de erros da operação em 30% no último mês, fixando-se nos 3.21%.

No entanto, nem todas as notícias são boas… Como todos já sabem, tivemos de ajustar a equipa. Houve toda uma conjectura que já foi explicada para esta tomada de decisão, mas mais do que isso, esta foi uma acção estratégica. Acredito que todos os milestones que temos conseguido ao longo destes 30 longuíssimos dias se deve ao facto de no final do dia, termos saído uma equipa melhor, mais sólida e eficiente. Tudo isto aconteceu numa altura em que nada parou e mais do que isso entravam novos projectos e linhas como as novas linhas de apoio Covid-19 dos Açores e da Madeira. Sabemos que o ritmo é alto, mas sabemos que é assim que conseguimos acompanhar as oportunidades que o mercado nos vai dando. E outras que vamos nós dando ao mercado. Mais exemplos, são os novos projectos que arrancaram na Caixa Geral de Depósitos, também com linhas de apoio Covid-19, e na Unicre para subscrição de cartões de crédito, um use case em que começamos a ser especialistas no mercado nacional, ao termos como clientes a Cofidis a Unicre e agora também a Cetelem.

Estes avanços todos levaram-nos a um decréscimo do custo operacional de 18.2% e por consequência um aumento da margem bruta de 9.3%, isto mais uma vez, em apenas um mês. Se duvidavam que este esforço todo em trabalho altamente estruturado não tinha um impacto significativo na empresa, aqui está a prova clara do contrário. É aqui que queremos estar. Com o nosso trabalho diário a impactar diretamente o rumo da nossa empresa, dia após dia, mês após mês…

Por fim, quero deixar uma nota de uma das maiores conquistas de 2020. Era um objectivo que tínhamos para este ano e atingimo-lo de uma forma altamente disruptiva. Lançamos oficialmente uma segunda versão do DocDigitizer, foi mais de um ano de trabalho principalmente da equipa de RnD onde agora focamos em operacionalizar esta v2 que tanto promete e que tanto queremos que corresponda às expectativas. Este é só o princípio de um dos maiores desafios que se avizinham. Estamos na crista da onda e depende apenas de nós em continuar aqui…

Um bem haja a todos.